Preenchimento de vagas em diferentes cursos gratuitos

O Senac Rio 2019 vai abrir inscrições para o preenchimento de vagas em diferentes cursos gratuitos. Se você tem interesse em participar do processo seletivo do Senac Rio 2019 entenda como irá funcionar e quais são as oportunidades disponíveis.

Hoje em dia é de suma importância que as pessoas procurem por conhecimento e qualificação, pois o mercado de trabalho está cada dia mais exigente.

SENAC RIO 2019

Cursos profissionalizantes eram mais difíceis de serem acessados por pessoas de baixa renda, mas hoje em dia graças a programas gratuitos como esse que é oferecido pelo Senac as pessoas têm oportunidade de estudar e se qualificar sem ter nenhum custo com isso.

Saiba como aproveitar essa oportunidade e como preencher uma vaga. É necessário atender aos requisitos pedidos, isso é o que garante a sua vaga. Assim como qualquer outro programa de qualidade que é gratuito, esse do Senac Rio também é, por isso não desista e persista para poder ingressar. Informe-se também sobre outros Cursos SENAC 2019!

CURSOS DO SENAC RIO 2019

Através do Programa Senac de gratuidade os interessados podem fazer diferentes cursos profissionais sem nenhum custo. Esses cursos estão destinados às pessoas de baixa renda que possuem renda de até dois salários mínimos por família.

O interessante é que o programa disponibiliza cursos em diferentes áreas do conhecimento, permitindo assim a formação de diferentes profissionais para ingressar no mercado de trabalho.

Para melhor lhes informar mencionamos abaixo alguns dos cursos que são mais concorridos nesse programa.  Veja quantas áreas diferentes você poderá se qualificar:

  • Assistente administrativo
  • Assistente de recursos humanos
  • Assistente financeiro
  • Auxiliar administrativo
  • Auxiliar de crédito e cobrança
  • Auxiliar de operações em logística
  • Auxiliar de pessoal
  • Frentista
  • Inglês básico
  • Inglês intermediário
  • Porteiro e vigia
  • Camareiro em meios de hospedagem
  • Vendedor
  • Operador de computador
  • Organizador de eventos
  • Web design
  • Técnico em segurança do trabalho

Esses são alguns dos cursos gratuitos Senac Rio, além deles existem outros, tudo depende da unidade. Você consulta a lista completa no site: www.psg.senac.rio.br

INSCRIÇÃO SENAC RIO 2019

A inscrição no curso gratuito do Senac Rio 2019 pode ser feita através da internet.  Mas antes de acessar a página de inscrição Não deixe de organizar e separar os documentos obrigatórios que você confirmar no formulário de inscrição.

Abaixo estão descritos quais são os documentos obrigatórios:

  • RG;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • CPF;
  • Documentos de escolaridade de acordo com o requisito do curso.

Acessando o site para se inscrever, você deverá preencher os dados pedidos e depois selecionar o curso de seu interesse.

  • Site para Inscrição: www.psg.senac.rio.br

Não se esqueça de que cada curso vai pedir um tipo de requisito para que o candidato possa preencher a vaga. É importante que você preencha esses requisitos, por isso observe as informações sobre o curso.

Rendimentos que devem ser declarados a Receita Federal

São obrigados a declarar todos os contribuintes que tiveram rendimento superior a R$ 23.499,15, o que corresponde a R$ 1.807,63 mensais. No caso das pessoas com rendimentos isentos, não tributáveis, a soma anual dos ganhos precisa ser superior a R$ 40 mil. O brasileiro sempre deixa tudo para a última hora e como não poderia ser diferente, o mesmo ocorre com o envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física.

Cerca de 45% dos contribuintes ainda não enviaram a declaração, ou seja, 13,6 milhões enviaram as informações, mas ainda falta receber 11,4 milhões declarações.

Se você também deixou para a última hora, confira algumas dicas que poderão ajudá-lo a não perder mais tempo e correr o risco de cair nas garras do Leão e pagar uma multa de pelo menos R$ 165,74.

  • Evite informações incorretas – Preste atenção nas informações e evite erros ou omissões de bens, falta de documentos, etc;
  • Junte todos os comprovantes – Antes de começar, separe cuidadosa e criteriosamente todos os documentos que são dedutíveis, como previdência privada e despesas médicas e educacionais;
  • Simplificada ou completa – O próprio sistema da Receita indica qual é o modo mais vantajoso para o contribuinte. Então, não precisa se preocupar;
  • Atenção aos dependentes – Despesas de dependentes só podem ser declaradas uma vez. Se os pais forem separados somente um ou o outro pode declarar o filho como dependente.

O prazo para envio é até o dia 30 de abril. Para quem investe em ações, uma das principais dúvidas ao fazer a declaração de Imposto de Renda é: completa ou simplificada.

A Receita Federal deixa livre ao contribuinte escolher a melhor forma. Porém, algumas informações são importantes para escolher uma ou outra.

Se você possui algum investimento em fundos, ações, previdência privada ou outra aplicação, especialistas em IR explicam que não existe uma regra.

É necessário, assim, ver ambos e analisar qual é o mais vantajoso, pois depende de cada caso, sobretudo com a variação nas deduções possíveis de serem feitas.

O modelo simplificado é indicado principalmente para pessoas que não possuam muitas deduções previstas em lei. Isso porque nele as deduções vão ser substituídas por um desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis (se o desconto não ultrapassar R$ 13.916,36).

Já se as deduções forem maiores que R$ 13.916,36, o melhor modelo é o completo. Isso porque mesmo que o limite por dependente seja de R$ 1.889,64, as despesas médicas, por exemplo, são deduzidas integralmente, entre outras justificativas.

Procure se informar para poder escolher a melhor maneira de declarar.

Para quem investe em ações, uma das principais dúvidas ao fazer a declaração Receita Federal Imposto de Renda é: completa ou simplificada.

PF deflagra operação contra fraude no saque do abono salarial

Trabalhadores que tem direito de receber o PIS, vão receber valor de R$724. Este valor é equivalente ao valor do salário mínimo vigente no Brasil no ano de 2019. O pagamento deste valor é feito de acordo com o calendário do PIS 2019, que ainda não foi divulgado oficialmente.

O pagamento do Abono Salarial PIS em 2019 poderá ser realizado por várias maneiras. Uma grande vantagem para os trabalhadores que possuem conta na Caixa Econômica Federal, está no fato de poderem receber o pagamento por meio de crédito em conta bancária automaticamente no período disponível no calendário. Outras formas de receber o PIS são:

  • Através do crédito na folha de pagamento, caso a empresa empregadora do trabalhador tenha celebrado convênio CAIXA PIS-Empresa.
  • Nos terminais de autoatendimento, Correspondente Caixa Aqui e Loterias, utilizando o Cartão do Cidadão com senha cadastrada.
  • Em agência da CAIXA, mediante apresentação do número do PIS e um dos documentos de identificação.

Finalmente começou o pagamento do PIS 2019 para trabalhadores que tem direito aos benefícios este ano. Os pagamentos para quem tem conta na Caixa Econômica Federal será antecipado, começando a ser efetuado a partir deste mês/julho conforme o calendário com as datas do pagamento do PIS 2019.

Esta mudança pode parecer injusta para os trabalhadores que não possuem conta na Caixa, mas segundo a CODEFAT, esta mudança irá beneficiar todos os trabalhadores, evitando transtornos e concentração de pagamentos no início dos pagamentos do PIS 2019. Se você tem direito ao PIS este ano, fique atento as datas de pagamento para não deixar de receber seu benefício do abono salarial.

Entenda a questão do vício em tecnologia para escrever uma boa redação

O Enem 2019 (Exame Nacional do Ensino Médio) passou por alterações em relação às edições anteriores, principalmente no que diz respeito ao modo de entrega do cartão de confirmação e local de prova. Nos anos anteriores o cartão era entregue pelos Correios, no entanto, com a alteração, o local de prova será divulgado diretamente na página do participante.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) informará no e-mail do participante quando o cartão estiver disponível.

Data de realização das provas Enem 2019

A aplicação das provas do Enem será nos dias 24 e 25 de outubro de 2019. Os portões abrirão pontualmente ao meio dia e serão fechados às 13h, horário oficial de Brasília-DF, em todas as unidades da Federação. A aplicação das provas começará às 13h30.

Como consultar o local da prova do Enem

Assim que o local da prova do Enem 2019 for definido o candidato pode verificar diretamente no site do exame. Onde são informados todos os dados que o aluno precisa saber a respeito da prova, além disso, outro meio de se informar sobre as datas é através do cartão de confirmação, recebido no e-mail do aluno.

No cartão de confirmação também irá constar as datas das provas, tanto no sábado como no domingo, além dessas informações também vem informações a respeito do local, horário e sala do candidato. Para consultar o local de prova do Enem 2019, é possível acessar o site oficial do programa e obter tais dados. Neste caso, não é necessário informar dados pessoais, como a inscrição, por exemplo, pois essa informação fica disponível a todos pelo fato de não ser sigilosa.

Horário da aplicação de prova

De acordo com o edital, nos dois dias de prova, os portões de todos os locais de prova do Enem 2019 serão abertos ao meio dia (12h00min) e o fechamento desses portões acontecerão exatamente as 13h00min.

Nesta edição, haverá uma mudança na aplicação, pois após o fechamento dos portões uma série de procedimentos de segurança serão realizados e as provas só terão início às 13h30.

Fazenda Nacional deixará de recorrer em ações sobre crédito

O PIS é um benefício concedido todos os anos aos trabalhadores do setor privado, por isso, saber o valor do PIS é muito importante para o trabalhador, pois sabendo o valor a receber, o trabalhador consegue programar melhor suas finanças.

Vale lembrar que o valor do PIS é sempre baseado no salário mínimo do ano base, dessa forma, para 2019 o valor do benefício será de R$ 788,00. Mas algumas mudanças têm gerado dúvidas nos trabalhadores, mas afinal, qual o valor do PIS 2019?

Valor do PIS

Como é de costume, nos anos anteriores o valor a receber referente ao benefício do PIS era sempre de um salário mínimo do ano base, que para esse ano é de R$ 788,00, mas algumas mudanças farão alguns trabalhadores receberem menos que a quantia esperada. Em 2014 foi aprovada e publicada no diário oficial, uma medida provisória 665/2014, mudando a forma como os trabalhadores receberão o benefício.

Anteriormente o trabalhador que estivesse dentro das regras e tivesse trabalhado de carteira assinada por pelo menos 30 dias consecutivos, estava apto a receber o PIS no valor de um salário mínimo. Agora com essa medida provisória, o valor a receber do PIS será proporcional aos meses trabalhados com carteira assinada no ano base, ou seja, se em 2015 o indivíduo trabalhou 4 meses, ele receberá R$ 262,64 de PIS em 2019.

O cálculo é muito simples, basta pegar o valor do salário mínimo no ano base e dividir por 12, ficando dessa forma: R$ 788,00 ÷ 12 = R$ 65,66, o resultado é o valor de cada mês trabalhado, no exemplo citado assim, o cálculo fica da seguinte maneira: R$ 65,66 x 4 = R$ 262,64.

Tabela

Vale lembrar que caso você não efetue o saque do seu benefício dentro do prazo, o mesmo não fica acumulado, ele é devolvido para o FAT, por isso, fique atento e acompanhe Calendário do PIS 2019 que é disponibilizada pela Caixa Econômica Federal, para saber quando o seu benefício estará liberado para saque.

Lembrando que o saque do benefício pode ser realizado nas lotéricas ou até mesmo em caixas eletrônicos da Caixa Econômica, basta ter o cartão cidadão com a senha cadastrada. Caso você não possua o cartão cidadão, você pode sacar o PIS em qualquer agência da Caixa, basta comparecer portando documento de identificação com foto, CPF e o número do PIS.

Consultar Saldo

A Caixa Econômica Federal é a instituição financeira responsável pelo pagamento do abono salarial PIS, por isso, é possível consultar saldo do PIS 2019 no site da Caixa, em uma página exclusiva para esse procedimento. Basta ter em mãos o número do PIS e uma senha de acesso, caso não possua uma senha, será necessário criar uma no primeiro acesso ao sistema.

Justiça barra aumento de taxas de licenciamento

O IPVA 2019 MA é um tributo estadual que tem incidência uma vez no ano. O contribuinte deve ter conhecimento sobre os prazos de pagamento do IPVA 2019 MA para não deixar o imposto vencer, pois se isso ocorrer há incidência de juros e também de perda de desconto.

O ideal é pagar dentro do prazo, e para ter o conhecimento do prazo estipulado para o seu veículo é necessário consultar a tabela de pagamentos que o Detran do estado disponibiliza. Através dessa informação você saberá quando pagar.

A tabela é dividida de acordo com o final da placa de cada veículo. Assim é que as datas são estabelecidas. É importante conferir a tabela atualizada por que todo ano o Detran lança uma nova, e se você não se atentar quanto a isso acaba consultando a antiga.

Entenda ainda sobre o Licenciamento 2019 MG para que você possa circular com seu veículo dentro das rodovias de forma legal.

Escolha a forma de pagamento que melhor se encaixa no seu orçamento. O Detran permite que o pagamento seja feito em conta única com incidência de desconto ou parcelado em até três vezes. Então é bom a gente acompanhar bem e escolher a melhor maneira.

Tabela IPVA

Conforme já citado anteriormente, é por meio da tabela IPVA 2019 MA que o órgão organiza para receber o pagamento do tributo. Logo, é de suma importância que o contribuinte consulte essa informação.

A tabela fica disponibilizada no site do Detran para consulta. Com base no último número da placa é que você saberá o mês respectivo para pagamento. O pagamento pode ser feito junto com o seguro DPVAT e também junto com o licenciamento 2019.

No site você poderá consultar a nova tabela com as datas atuais: www.detran.ma.gov.br

2 Via Guia de Pagamento

Faça a emissão guia IPVA 2019 MA pela internet e economize tempo para obter o boleto de pagamento. Pela internet é possível emitir conforme a forma de pagamento escolhida pelo cliente. Essas são as formas disponíveis:

  • pagamento em cota única – com 10% de desconto;
  • pagamento parcelado – em até 3 x.

Escolha a melhor maneira e faça a emissão da guia para pagamento. As instruções abaixo mostram como utilizar o recurso passo a passo:

  • Site SEFAZ MA: sefaz.ma.gov.br
  • Você precisa informar o número do Renavam, Chassi e o Código da imagem gerada na tela;
  • Preenchendo os dados clique no botão Consultar.

Endereço e Telefone do Detran Maranhão

Para maiores informações:

  • Telefone Detran Maranhão: (99) 3538-0199;
  • Endereço Detran Maranhão: Av. dos Franceses, s/n, Vila Palmeira, São Luís – MA | CEP: 65036-901;

Curso online aborda educação à distância e tecnologias educacionais

Nos anos 90, ainda era possível encontrar anúncios de cursos do IUB – Instituto Universal Brasileiro – nas revistas e gibis. Esta pioneira na formação em casa existe desde os anos 40. Os cursos de fotografia, inglês e violão eram os mais populares nesta categoria de ensino, embora no passado tenha havido até mesmo cursos de jornalismo, antes da exigência do diploma.

Outra forma de estudar em casa era através dos telecursos na TV, que cobriam o ensino básico, médio e de línguas. Hoje em dia, existem os mais variados tipos de curso na Internet. Alguns são voltados para o laser e o hobby, como jardinagem, papel machê, ou degustação de vinhos. Outros são profissionalizantes e podem oferecer certificados, como cursos de língua estrangeira e de informática.

Muitas universidades já oferecem também cursos de graduação e pós-graduação à distância, como é o caso do programa Educa Mais Brasil 2019, abrindo ainda mais o leque de oportunidades no ensino superior. Existem cursos de pós-graduação à distância na área de educação, TI, direito, entre outros. Também existem cursos à distância em MBA.

Na hora de escolher um curso em casa, a primeira coisa que o estudante deve ter em conta é o seu próprio ritmo de estudos. Alguns possuem uma carga horária fixa que, embora seja flexível (pode ser feita em qualquer momento, dentro de um prazo determinado), deve ser cumprida para obter a certificação.

Para participar do Educa+ você deve realizar a inscrição no programa pelo site oficial e escolher o curso que deseja realizar, o processo é muito simples de ser feito, basta seguir o passo a passo do site.

Caso você tenha dúvidas e deseje ter mais informações sobre os cursos, pode ligar para o telefone Educa Mais Brasil e esclarecer tudo que precisa.

Outros cursos têm ainda maior flexibilidade, pois o aluno recebe o material em casa e tem mais liberdade – e tempo para decidir quando e o quanto vai estudar. É muito importante saber quanto tempo o aluno pode dedicar aos estudos, mas também quais as opções de ajuda disponíveis.

Alguns cursos oferecem aulas ao vivo em chats, ou por e-mail, para esclarecer dúvidas que possam surgir durante os estudos. Cumprir o programa proposto e verificar o desempenho de forma constante são duas boas maneiras de garantir o sucesso do aluno neste empreendimento pessoal.

Seguir essas duas regras de ouro do ensino à distância facilita a assimilação dos conteúdos e poder valer, no futuro, um emprego melhor ou uma promoção.

DETRAN Divulga Valor de Impostos no Rio de Janeiro

O IPVA 2019 RJ (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto que precisa ser pago em dia para que os proprietários de veículos não fiquem em desacordo com a lei posteriormente. Por esse motivo reunimos aqui informações sobre o IPVA RJ 2019 pagamento que vão te auxiliar a entender como você deve proceder. Deseja saber como ficar em dia com seu IPVA RJ 2019 pagamento? Então continue acompanhando nosso post.

IPVA RJ 2019 PAGAMENTO

Informe-se também sobre a Consulta a Via IPVA RJ 2019!

Não estando em dia com o IPVA RJ 2019 pagamento o proprietário do veículo fica vulnerável a receber penalidades que são designadas pelo DETRAN em fiscalizações, entre essas penalidades você pode ter seu veículo apreendido, perder pontos em sua habilitação e até multas.

IPVA RJ 2019 PAGAMENTO – Guia

Para realizar o pagamento do IPVA RJ 2019 será necessário ter em mãos a sua guia de pagamento.

Para emitir a sua guia basta seguir esse simples procedimento:

  • Entre no site do Bradesco pelo endereço www.bradesco.com.br
  • Entre as opções que apareceram para você escolha a “GRD – IPVA / DPVAT / Taxa de Licenciamento Anual / Taxa de Emissão CRLV” e então clique na opção “Continuar”.
  • Será solicitado que você preencha os compôs com os dados do Renavam e o Código de Verificação;
  • Por fim clique na opção “Continuar”.

Agora que você já tem sua guia do IPVA 2019 RJ vamos ver como proceder com o pagamento.

IPVA RJ 2019 PAGAMENTO – Pagamento

Para proceder com o IPVA RJ 2019 pagamento é dada a opção de realizar o pagamento em qualquer banco ou em qualquer Lotéricas, até o dia do vencimento do IPVA.

Você pode ainda optar por realizar o pagamento do IPVA 2019 RJ em até 3 parcelas mensais que serão iguais e sucessivas. Para pagar o IPVA parcelado basta que você escolha a opção de parcelamento no momento em que for imprimir a sua guia de recolhimento (GRD).

Quando você opta por pagar o IPVA parcelado a sua 1° parcela terá incluso valores referentes a:

  • 1/3 do imposto,
  • 1/3 do valor das taxas devidas
  • Valor integral do seguro obrigatório.

Nas próximas parcelas (2ª e 3ª) serão cobrados somente os valores de:

  • 1/3 do imposto
  • 1/3 das taxas devidas.

Caso você realize o pagamento do IPVA RJ 2019 fora dos prazos que são estipulados lembre-se que você estará sujeito a aumento do valor por meio de juros equivalentes a taxa SELIC, esse juro e calculado levando em conta o 1° dia subsequente ao vencimento do prazo de pagamento até o último dia do mês anterior ao mês do pagamento.

O valor do juro é de 1% relativo ao mês em que o seu pagamento for realizado. Você poderá receber ainda uma multa com valor equivalente à uma taxa de 0,33% ao dia de atraso.

Para que você possa evitar tantos transtornos procure ficar em dia com o seu IPVA RJ 2019 pagamento.

Não fez a biometria? Veja como regularizar sua situação

A biometria é a nova forma de confirmação de presença nas urnas no Brasil. Todos os brasileiros portadores de um título de eleitor devem cadastrar as digitais para poder votar no novo sistema já implantado nas últimas eleições. Mas quem não fez a biometria ainda pode corrigir e garantir a participação nas eleições 2018 data se for rápido. Saiba mais a seguir.

Biometria Eleitoral
Biometria Eleitoral

Para que serve a biometria?

A biometria é o processo de cadastramento das digitais dos dedos das mãos. Ela foi solicitada pelo Tribunal Eleitoral para deixar as eleições brasileiras ainda mais seguras. Talvez você não saiba mas o sistema anti fraude adotado no Brasil para eleger um representante público é invejado e copiado por muitos países.

O cadastramento da digital do dedo indicador permite uma identificação precisa de um candidato a Governador para votar nas eleições de 2018. Antes o documento de identificação com foto e o título de eleitor comprovavam que aquele eleitor estava na zona e seção correta para votar.

Mas com a biometria é muito mais seguro. Todos os documentos de papel podem ser passíveis de fraude. Muitos casos de documentos falsos já foram achados ou de votos trocados na urna.

Com a identificação biométrica a urna registra quem votou em quem e se de fato foi o eleitor correto. Assim a fraude até o momento está eliminada.

Não fiz a biometria. E agora?

Todos os brasileiros foram convocados para se dirigir até uma unidade de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral de sua idade e cadastrar-se no sistema biométrico. Foram campanhas na TV e em diversas mídias convidando para o cadastramento.

Perdeu o prazo? Infelizmente terá que se dirigir até uma unidade do TRE de sua cidade mais próxima. Antes deve realizar o agendamento no sistema do tribunal eleitoral no site de sua cidade. Sem agendamento só será atendido se tiver vagas.

Por enquanto ainda não será cobrada nenhuma multa. Contudo, sem a biometria não será possível votar nas próximas eleições. Deverá também pagar multa e ter o título suspenso até regularizar a situação.

Cadastramento de biometria é bem simples

Uma vez atendido por um funcionário do TRE o processo é bem simples. Você deve apresentar seus documentos pessoais obrigatórios: identidade e título de eleitor. Caso não tenha um título terá que pedir uma segunda vida e só depois realizar a biometria. A boa notícia é que os dois processos podem ser agendados no mesmo dia se houver vagas na unidade selecionada.

O atendimento é bem rápido. Você será convidado e encaixar os dedos um a um e registrar no sistema as digitais. Todas as digitais das mãos serão cadastradas, assim poderá usar qualquer um dos dedos para identificação.

O sistema de biometria eletrônica é considerado até hoje um dos mais seguros do mundo. Ele já está em amplo uso para a carteira de identidade e no sistema prisional deve ser a única forma de identificação nos próximos anos.

O sistema de dados nacional permite por meio de cruzamento de informações identificar todo tipo de fraude e trapaça. A ideia é que tudo seja integrado por meio da biometria digital como o departamento de trânsito, policial e o sistema eleitoral.

Como Consultar os Programas Sociais

O Bolsa Família é um programa de ajuda diretamente na renda das famílias em situações de pobreza extrema, criado para combater diretamente a fome no país em áreas mais afastadas dos grandes centros. O Projeto bolsa família 2019 busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação como também à saúde.

Existe várias formas de consultar o bolsa família, pelo site da caixa, ou por seu aparelho celular através do aplicativo do Bolsa Família ou da Caixa Econômica Federal, ou indo até uma caixa lotérica para fazer sua consulta ao Bolsa Família.

Como Consultar os Programas Sociais
Como Consultar os Programas Sociais

Quem pode participar do Bolsa Família

Aqueles que querem se candidatar precisam entender que a família deve estar numa situação de pobreza e/ou de pobreza extrema. Isso significa que as famílias cadastradas devem ter uma renda mensal de até R$80,00 por pessoa, esses são considerados extremamente pobres, os que tem uma renda mensal entre R$ 85,01 e R$170,00 por pessoa são considerados penas pobres.

No geral, para as famílias que estão no segundo grupo, o governo exige que haja, em sua composição, gestantes ou crianças/adolescentes entre 0 e 17 anos.

A família selecionada tem como obrigação manter os filhos nas escolas, com uma frequência de 85% para as crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e uma frequência de 75% para os adolescentes de 16 a 17 anos. Também deve acompanhar a saúde das mulheres na faixa de 14 a 44 anos.

Como Consultar o Bolsa Família?

Na atualidade a vida de muitos de nós gira em torno do celular, pagamos contas, tiramos fotos, conversamos com parentes e amigos, checamos a conta no banco, inúmeras outras atividades podem ser postas nesta lista, pensando nesse tipo de pessoa o projeto Bolsa Família criou uma forma de consultar seu benefício através do celular, com seu próprio aplicativo, Aplicativo do Bolsa Família.

Para se ter o acesso por seu celular você primeiro tem que baixar o aplicativo Bolsa Família, ele está disponível para todo o aparelho Android, iOS, e até Windows Store. Ao terminar a instalação toque no ícone amarelo com o nome de Bolsa Família, ele irá abrir e então informe o número de NIS. Dessa forma simples você vai saber quando vai receber, o valor que irá receber e até as datas anteriores e posteriores.

Se você optar pela internet terá que abrir o seu navegador Internet Explore e acessar a página https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00.asp, tendo três formas de consultas distintas:

  • Consulta do Bolsa Família por UF

Neste você deve primeiro selecionar seu Estado, ou DF, então clique no mês desejado – ficará disponível para consulta os dados dos três últimos meses-, e clique em consultar. Com isso será disponibilizado a você o total de famílias beneficiadas do Estado escolhido, além do total em dinheiro transferido às famílias.

  • Consulta do Bolsa Família por município

Nesta opção para realizar a consulta bolsa família 2019 você terá que selecionar primeiro seu Estado, ou DF, então selecione seu município e prossiga escolhendo o mês desejado e clicando em consultar. Nisso aparecerá o número de famílias beneficiadas, então você só precisa clicar em Download e será aberto a lista com os nomes dos Responsáveis e os demais membros da família, com a informação da consulta de saldo e se o benefício está ou não liberado.

  • Consulta do Bolsa Família por família

Aqui você terá que digitar o número de Identificação Social, o NIS do Responsável Familiar, com isso o nome dele aparecerá automaticamente, então clique em consultar. Nisso aparecerá um quadro com o nome do responsável familiar, data de nascimento, a cidade onde a família está cadastrada e a situação do benefício.