Entenda a questão do vício em tecnologia para escrever uma boa redação

O Enem 2019 (Exame Nacional do Ensino Médio) passou por alterações em relação às edições anteriores, principalmente no que diz respeito ao modo de entrega do cartão de confirmação e local de prova. Nos anos anteriores o cartão era entregue pelos Correios, no entanto, com a alteração, o local de prova será divulgado diretamente na página do participante.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) informará no e-mail do participante quando o cartão estiver disponível.

Data de realização das provas Enem 2019

A aplicação das provas do Enem será nos dias 24 e 25 de outubro de 2019. Os portões abrirão pontualmente ao meio dia e serão fechados às 13h, horário oficial de Brasília-DF, em todas as unidades da Federação. A aplicação das provas começará às 13h30.

Como consultar o local da prova do Enem

Assim que o local da prova do Enem 2019 for definido o candidato pode verificar diretamente no site do exame. Onde são informados todos os dados que o aluno precisa saber a respeito da prova, além disso, outro meio de se informar sobre as datas é através do cartão de confirmação, recebido no e-mail do aluno.

No cartão de confirmação também irá constar as datas das provas, tanto no sábado como no domingo, além dessas informações também vem informações a respeito do local, horário e sala do candidato. Para consultar o local de prova do Enem 2019, é possível acessar o site oficial do programa e obter tais dados. Neste caso, não é necessário informar dados pessoais, como a inscrição, por exemplo, pois essa informação fica disponível a todos pelo fato de não ser sigilosa.

Horário da aplicação de prova

De acordo com o edital, nos dois dias de prova, os portões de todos os locais de prova do Enem 2019 serão abertos ao meio dia (12h00min) e o fechamento desses portões acontecerão exatamente as 13h00min.

Nesta edição, haverá uma mudança na aplicação, pois após o fechamento dos portões uma série de procedimentos de segurança serão realizados e as provas só terão início às 13h30.

Curso online aborda educação à distância e tecnologias educacionais

Nos anos 90, ainda era possível encontrar anúncios de cursos do IUB – Instituto Universal Brasileiro – nas revistas e gibis. Esta pioneira na formação em casa existe desde os anos 40. Os cursos de fotografia, inglês e violão eram os mais populares nesta categoria de ensino, embora no passado tenha havido até mesmo cursos de jornalismo, antes da exigência do diploma.

Outra forma de estudar em casa era através dos telecursos na TV, que cobriam o ensino básico, médio e de línguas. Hoje em dia, existem os mais variados tipos de curso na Internet. Alguns são voltados para o laser e o hobby, como jardinagem, papel machê, ou degustação de vinhos. Outros são profissionalizantes e podem oferecer certificados, como cursos de língua estrangeira e de informática.

Muitas universidades já oferecem também cursos de graduação e pós-graduação à distância, como é o caso do programa Educa Mais Brasil 2019, abrindo ainda mais o leque de oportunidades no ensino superior. Existem cursos de pós-graduação à distância na área de educação, TI, direito, entre outros. Também existem cursos à distância em MBA.

Na hora de escolher um curso em casa, a primeira coisa que o estudante deve ter em conta é o seu próprio ritmo de estudos. Alguns possuem uma carga horária fixa que, embora seja flexível (pode ser feita em qualquer momento, dentro de um prazo determinado), deve ser cumprida para obter a certificação.

Para participar do Educa+ você deve realizar a inscrição no programa pelo site oficial e escolher o curso que deseja realizar, o processo é muito simples de ser feito, basta seguir o passo a passo do site.

Caso você tenha dúvidas e deseje ter mais informações sobre os cursos, pode ligar para o telefone Educa Mais Brasil e esclarecer tudo que precisa.

Outros cursos têm ainda maior flexibilidade, pois o aluno recebe o material em casa e tem mais liberdade – e tempo para decidir quando e o quanto vai estudar. É muito importante saber quanto tempo o aluno pode dedicar aos estudos, mas também quais as opções de ajuda disponíveis.

Alguns cursos oferecem aulas ao vivo em chats, ou por e-mail, para esclarecer dúvidas que possam surgir durante os estudos. Cumprir o programa proposto e verificar o desempenho de forma constante são duas boas maneiras de garantir o sucesso do aluno neste empreendimento pessoal.

Seguir essas duas regras de ouro do ensino à distância facilita a assimilação dos conteúdos e poder valer, no futuro, um emprego melhor ou uma promoção.

Inscrições para o Ensino Superior estão Abertas

Estão abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os candidatos têm até o dia 5 de junho para fazer sua inscrição no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Neste ano, a taxa de inscrição do exame é de R$ 63. Estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas estão automaticamente isentos do pagamento. Candidatos de baixa renda podem pedir a isenção da taxa durante a inscrição.

Inscrições para o Ensino Superior estão Abertas
Inscrições para o Ensino Superior estão Abertas

 

Documentos para Efetuar a Inscrição

Para realizar a inscrição Enem 2019, o candidato precisa ter em mãos seu RG, o número do seu CPF e um endereço de e-mail pessoal. Neste ano, o mesmo endereço de e-mail não poderá ser usado em mais de uma inscrição no exame.

É necessário informar também um número válido de telefone fixo ou de celular.

Valor da Taxa

O Ministério da Educação aumentou o valor da taxa de inscrição para R$ 63. O aluno vai gerar um boleto bancário que deverá ser pago até o dia 10 de junho às 21h59 (horário de Brasília).

Caso a taxa não seja paga, a inscrição do candidato será cancelada.

Quem pode fazer o exame de graça

Alunos da rede pública que cursam o 3° ano do ensino médio estão automaticamente isentos da taxa de inscrição.

Candidatos que comprovarem baixa renda também podem pedir isenção do pagamento ao final da inscrição. Após preencher o questionário socioeconômico, o estudante deve entrar na opção declarar carência. Nesse caso, é preciso conferir se o pedido foi aceito pelo Inep antes do fim do período de inscrições.

Depois de realizar o Exame se você quiser saber a nota do Enem 2019, basta acessar o site o Enem na página do participante.

Como pedir atendimento especial

Estudantes com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial podem pedir atendimento especializado durante as provas do Enem. É preciso que preencham o campo específico no formulário de inscrição indicando qual o atendimento necessário durante o exame.

Gestantes, lactantes, idosos, alunos em classe hospitalar e sabatistas também têm o direito a atendimento específico desde que informem sua condição no ato da inscrição.

 

Vestibular – Pedido de isenção da taxa de inscrição

Começou no dia 16 de junho deste ano o período em que todos os interessados poderão realizar os pedidos de isenção e redução da taxa de inscrição do Vestibular 2019 da FUVEST, sendo esse um dos processos seletivos mais aguardados do momento.

Através da realização da inscrição do Vestibular 2019 da FUVEST muitas pessoas poderão ingressar nos cursos de nível superior que são oferecidos na Universidade de São Paulo (USP) e para o curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP).

Vestibular – Pedido de isenção da taxa de inscrição
Vestibular – Pedido de isenção da taxa de inscrição

Caso você seja um dos interessados, saiba que as inscrições para o pedido de isenção e redução da taxa poderão ser realizadas até o dia 11 de agosto de 2014, sendo preciso acessar o endereço eletrônico www.fuvest.br para ter acesso à ficha de interesse.

Ao acessar o site citado acima, faça a impressão da ficha e depois o preenchimento de todos os seus dados e de seus familiares, e saiba desde já que esse benefício só será concedido para as pessoas que estão cursando ou cursaram o ensino médio em uma escola a rede pública, ou em escola particular com bolsa de 100%.

Dentre as regras que existem para conseguir essa isenção ou desconto existe ainda a necessidade de que cada candidato comprove que a sua renda familiar seja de até R$ 1.086, para isenção total, e de até R$ 2.027, para redução de 50%.

Caso tenha algum tipo de dúvida, ou queira obter mais informações sobre esse requerimento, acesse o site da FUVEST e faça a leitura completa do edital de isenção.

Antes de pedir a isenção da FUVEST você deverá passar no vestibular, e uma maneira para isso é através do Sisu 2019. Depois de se inscrever, você deve aguardar uns dias e acessar o site do programa para conferir o Resultado Sisu.

Ensino a Distância

Durante a maior parte da história da educação, o ensino foi transmitido através da forma oral e escrita. E com o passar dos anos as transformações sociais provocadas pela revolução tecnológica das comunicações trouxe um novo tipo de ensino: O Ensino a Distância.

Resultado de imagem para ensino a distância

Os meios de comunicação vêm mudando constantemente, e consequentemente o ensino ia ser afetado também, um exemplo disso é a criação de comunidades virtuais para a Educação a Distância, motivando cada vez mais o aprendizado online.

Esses ambientes virtuais possibilitam que o aluno seja um pouco o professor, pelo fato de que ele precisa ir atrás do conhecimento, buscar, pesquisar e se informar sobre a matéria. Suas dúvidas são respondidas através e horários predefinidos com os professores ou por e-mail.

Mas dentre os prós e contras é sempre válido ressaltar as vantagens de se fazer um curso a distância, afinal hoje em dia não se tem mais tempo a perder.

  • Rapidez: Fazer um curso a distância é uma forma rápida de aprender, você consegue se matricular sem maiores problemas.
  • Mais acessível: O valor de um curso a distância é bem inferior, possibilitando o aluno fazer mais matérias pagando um valor mais baixo.
  • Flexibilidade: A flexibilidade nos horários é o que mais chama a atenção de quem opta por um curso a distância. Poder escolher no dia o horário que mais lhe agrada a estudar é fundamental.
  • Em casa: Um curso a distância permite que você estude de casa, ou a caminho dela. Não precisando gastar pela locomoção até a escola ou faculdade.

Hoje o foco no aluno é bem grande e a necessidade da flexibilidade no ensino é algo que já se esperava muito, tanto por parte dos alunos como por parte dos professores. Na educação a distância o foco é todo no aluno, que precisa aprender a aprender. Aprender a construir seu conhecimento, que não é mais passado somente pelo que o professor fala em sala de aula. É preciso ir atrás, em busca de seu conhecimento.

Se você não possui muitas condições para pagar os seus cursos e estudos, deve conhecer o Pronatec, programa do Governo Federal, criado para auxiliar as pessoas a terem uma vida melhor, se especializando em alguma área.

Para fazer a inscrição Pronatec basta acessar o site do programa e realizar o cadastro, escolhendo o curso que mais lhe interessa.

 

Como Concluir o Ensino Médio?

Todos os cidadãos brasileiros que não tiveram oportunidade de concluir o Ensino Médio no seu período regular poderão fazer o exame do ENCCEJA 2019 de forma voluntária e totalmente gratuita. Se o candidato obter um resultado satisfatório no ENCCEJA 2019 ele poderá receber a Certificação de Competências de Jovens e Adultos.

O principal objetivo da criação do ENCCEJA 2019 é dar oportunidade para quem não teve condições de poder estudar e se formar no período regular de ensino.
O exame do ENCCEJA no Brasil serve apenas para dar a certificação do Ensino Fundamental, pois a do Ensino Médio é feita pelo ENEM. Para os cidadãos brasileiros que residem no exterior é possível obter a certificação no Ensino Médio pelo ENCCEJA.

Resultado de imagem para estudos

Como São as Provas do ENCCEJA 2019 Para o Ensino Médio?

Como dissemos, as provas do ENCCEJA 2019 destinadas a certificação do Ensino Médio são aplicadas apenas aos brasileiros que residem no exterior. Quem reside no Brasil deverá fazer as provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

As provas do ENCCEJA têm uma estrutura bem semelhante a do ENEM.

Confira a seguir:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
    Redação;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

É importante destacar que todas as matérias presentes nas provas do ENCCEJA são elaboradas de acordo com os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) e com as diretrizes do Ministério da Educação.

Pontuação Mínima do ENCCEJA

Assim como o ENEM, o ENCCEJA 2019 também exige uma pontuação mínima dos seus candidatos para poder emitir o Certificado do Ensino Médio.

Nas provas objetivas, a exigência é que os candidatos obtenham uma pontuação mínima de 100 pontos em uma escala que vai de 60 a 180 pontos.

Na prova de Redação essa pontuação mínima deverá ser de 5 pontos em uma escala que vai de 0 a 10 pontos.

Resultado do ENCCEJA 2019

Os resultados das provas do ENCCEJA 2019 são divulgados através de editais publicados no site oficial do exame.

Para conferir, basta acessar o site, efetuar login e ver os resultados que serão divulgados em breve.

Como Fazer a Inscrição no ENCCEJA 2019?

As inscrições do ENCCEJA 2019 ainda não foram abertas. Lembre-se que para obter certificações do Ensino Médio, apenas os candidatos residentes no exterior que poderão fazer.

Para fazer a sua inscrição, basta seguir esses passos a seguir:

Passo 1

  • Os cidadãos brasileiros que residam no exterior devem acessar esse site e clicar na opção “Inscrições” (lembrando que no momento não existem inscrições abertas).

Passo 2

  • Preencha corretamente todas as informações que forem solicitadas e finalize a sua inscrição.

Documentos Obrigatórios para fazer a inscrição no ENCCEJA 2019

Alguns documentos serão solicitados para preencher a sua inscrição.

São eles:

  • RG, CPF;
  • Número do Passaporte.

Os candidatos que não tiverem o CPF poderão obter este documento comparecendo no Consulado Geral do Brasil ou na Embaixada Brasileira.

Fique de olho no calendário!

Os candidatos que fizeram as provas do ENCCEJA 2019 devem ficar atentos aos resultados que serão divulgados no site oficial.
Visite sempre a página oficial regularmente e também o nosso blog que será sempre atualizado!

Bolsas de Estudos

Os cursos profissionalizantes estão muito em alta, por conta da formação rápida e a fácil ingressão no mercado de trabalho. Para os próximos anos se aposta muito nesses cursos, principalmente para área tecnológica.

Na lista abaixo você pode conferir os setores de cursos que estarão em alta:

  • Administração Social;
  • Áreas relacionadas ao açúcar, álcool, gás e petróleo;
  • Contabilidade e Finaças;
  • Desenvolvimento organizacional;
  • Desenvolvimento tecnológico;
  • Gestão;
  • Informática;
  • Marketing.

No entanto, se você não possui dinheiro para bancar seus estudos, precisa conhecer o Educa Mais Brasil, um programa que oferece bolsas de estudos parciais e integrais. Para que você seja aprovado, é necessário que comprove a sua renda.

Para fazer parte do programa, realize a inscrição do Educa Mais Brasil e aguarde ser aprovado ou não, caso você seja poderá concluir ou iniciar os seus estudos com uma ajuda de custo. Dessa maneira você não terá mais desculpas, se inscreva!

 

Educação no Brasil

Segundo a Constituição Brasileira educação é um direito para todos, dever do Estado e família. E mesmo com a queda do analfabetismo no país, a falta de educação no Brasil ainda é alta, afetando as regiões de menos aquisição financeira. A alfabetização faz parte da educação e preparação do indivíduo, mas não pode ser vista apenas como uma etapa para ensinar o cidadão a ler e escrever.

O Ministério da Educação define que toda criança deve frequentar a escola no mínimo por 9 anos, mas só este ensino não é suficiente para o candidato enfrentar um exame após o término do Ensino Médio.

O governo tem estabelecido vários programas educacionais que dão acesso a instituições do ensino superior. Como o Educa Mais Brasil 2018, que já na quarta e oitava série tem estabelecido o Prova Brasil, onde os alunos respondem a questões de português direcionado mais para leitura e matemática direcionada para a resolução de problemas.

A Educação no Brasil
A Educação no Brasil

Dica: Descubra Como ler mais rápido.

Com os resultados das provas, o Mec junto de outros sistemas educacionais busca aprimorar a qualidade de ensino dentro das salas de aulas podendo assim dar fim ou diminuir as debilidades existentes. O desempenho das provas é exposto para toda sociedade que a partir dos dados e resultados podem acompanhar a política que será aplicada para rever a qualidade da educação das redes de ensino, tanto nas regiões urbanas como rurais.

O levantamento da Prova Brasil também recolhe informações como: número de alunos que participaram da prova, média de horas-aulas diárias, o empenho dos professores, justamente com ensino superior, as taxas de rendimento escolar (abandono, reprovação e aprovação) e outros fatores.

Se tratando do ingresso na Faculdade existe outro requisito que muitas instituições solicitam para verificar o desempenho do aluno, é a prova do Enem (Exame nacional do Ensino Médio).

Resultados do ENEM superam expectativas

O Resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2018) é o que o Brasil inteiro está esperando, ou pelo menos quem realmente quer cursar o ensino superior esse ano. Por isso que todos querem saber como se sairão, qual foi a nota da prova e também a nota da redação, que todos sabem que conta ótimos pontos também. Esse programa desde que foi lançado ele está passando por grandes mudanças, mudanças essas que deixaram o programa até mais difícil, por exemplo, inicialmente o mesmo era feito em um dia somente, hoje em dia não, são duas etapas aplicadas em dois dias.

Mas para consultar o resultado do Enem 2018 é muito mais simples do que a maioria das pessoas pensam, ainda mais porque o programa tem um site onde eles deixam a disposição para todos os alunos. E o resultado fica nesse site, mas o candidato tem que ter cadastro para poder consultar separadamente a sua nota. Antigamente também não era assim, o aluno esperava para receber o resultado. Mas hoje em dia com o acesso à internet as pessoas podem consultar sem precisar sair de casa, ou sem precisar esperar muito tempo para isso.

Alunos durante a prova
Alunos passaram diversas horas focados no Enem.

RESULTADO ENEM 2018

Confira onde consultar o resultado e gabarito do Enem 2018

É claro que o programa do Enem 2018 tem data para tudo, tanto para a aplicação das provas, como para a data das inscrições Enem 2018, para liberação do gabarito, como também para o resultado. E a data do resultado Enem 2018 fica no cronograma desenvolvido e disponibilizado pelo programa, do qual também consta no site para que todos possam consultar. Portanto consulte esse cronograma do Enem 2018 para você saber em que data foi atribuída para o resultado, porque é nesse dia que você tem que entrar no site para poder conferir qual foi a sua nota, usando seu CPF e senha para acessar o sistema. Porque o resultado estará vinculado ao seu cadastro.

Como já mencionado anteriormente, é preciso informar seus dados corretamente para consultar, e se você ainda não tem cadastro você tem que fazer para poder ver sua nota da prova e também da redação. E depois você ainda pode olhar no site também a nota de corte, para saber se é menor que a nota que você tirou, se for menor você ainda tem chances de concorrer a bolsas em diferentes cursos e faculdades, portanto, não deixe de conferir no site o quanto antes a sua nota.

Não tem muito segredo para consultar o resultado prova Enem 2018, mesmo porque com a internet no dia a dia das pessoas tudo ficou mais fácil, e sem nenhum custo. Mas você tem que esperar a data certa para consultar, porque antes disso não terá nada disponível no site para você. E não se esqueça de que depois você tem que usar essa nota para se cadastrar no Prouni 2018 e tentar uma bolsa na faculdade e no curso que você tanto deseja estudar.

A data do Resultado ENEM 2018 já foi divulgada e está nesse site: http://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem/

Fies abre inscrições para o primeiro semestre

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, mais conhecido como Fies, é um projeto do Governo Federal, em parceira com o Ministério da Educação que fornece milhares de financiamentos, a juros bastante reduzidos, para a população de baixa renda que deseja fazer um curso do ensino superior.

Por conta disso, existe uma grande procura para garantir essa empréstimo governamental a juros mais baixos, os quais, somente serão pagos após o aluno se formar na faculdade e começar a trabalhar.

Financiamento Estudantil
Financiamento Estudantil

Para esse ano, o Fies 2019 já abriu as inscrições para o primeiro semestre, fazendo com que os alunos interessados tenham que correr para garantir essa oportunidade e também mandar todos os documentos solicitados a tempo.

Quantas vagas serão oferecidas pelo Ministério da Educação

Por conta da crise econômica enfrentada pelo Brasil, o Governo Federal reduziu um pouco o número de vagas disponíveis para o Fies desse ano, contando agora com 150 mil financiamentos a serem feitos, uma previsão menor do que a do próprio Governo, que tinha feito uma estimativa para abrir 200 mil vagas desse programa, algo que não se concretizou.

Apenas como base de comparação, no ano que o Fies mais ofereceu bolsas estudantis, o Governo Federal conseguiu financiar o curso de 700 mil alunos, quase cinco vezes mais do que o oferecido para esse ano.

Inscrições devem ser feitas pela internet

Para quem deseja participar do Fies esse ano, deve realizar todo o processo de inscrição pela internet, diretamente no site do programa. Para isso, tudo o que deve ser realizado é acessar o a página oficial do Fies por meio do link http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=inscricao e depois preencher todas as informações solicitadas, como por exemplo, o seu nome completo, o curso que quer realizar, a faculdade e também o endereço e o E-mail.

Depois de confirmar os seus dados, vai haver uma análise interna e caso você seja aceito para entregar o Fies, deve mandar uma copia de toda a sua documentação FIES e ir a um banco conveniado realizar o seu financiamento.

Por fim, basta assinar o contrato e ter toda a sua faculdade financiada pelo Governo, com baixas de juros bem abaixo do mercado e que serão pagas apenas depois da sua conclusão do curso.

Condições para se inscrever no Fies 2019

Para quem deseja ter esse financiamento, deve cumprir alguns critérios estabelecidos pelo próprio Governo Federal. Um primeiro é ter renda família de no máximo três salario mínimos por pessoa. Um segundo é ter estudado todo o ensino médio em uma escola pública e por fim, os dois últimos critérios usados para permitir a participação de um candidato no Fies é ter tirado mais de 450 no Enem e também não ter zerado a redação.

Com tudo isso, será permitido ao aluno se inscrever no Fies e ter a chance de obter um financiamento de toda a faculdade.

O critério de seleção do Fies leva em conta, além de nota obtida no Enem, também a renda de cada candidato, privilegiando aqueles com menor poder aquisitivo.